Logo Sustentare Seguros

Esclarecendo dúvidas sobre o Seguro para Motos


Quem escolhe a moto para ter mais mobilidade, praticidade e liberdade, deve escolher também um bom seguro para a sua proteção. E nós temos as melhores opções para você! ⠀⠀

Confira as respostas para as principais dúvidas enviadas pelos nossos clientes sobre o Seguro para Motos:

1. Os Seguros para Moto cobrem roubo?

Em geral, as apólices de seguro para motos incluem proteção contra furto, roubo e colisões, com esse tipo de seguro padrão variando entre 30% e 40% do valor da moto. No entanto, é possível contar com uma proteção específica contra roubos e furtos. Nesse caso, o prêmio cai para cerca de 20% a 30% do valor do bem.

2. Como funciona a proteção contra acidentes?

O seguro para motos também inclui assistência contra colisão e incêndio. No entanto, como a moto não é capaz de causar tantos danos a outros veículos quanto um carro ou um caminhão, o valor para ressarcimento a terceiros atingidos é relativamente menor. Para modelos de baixa cilindrada, esse valor ficar próximo de R$ 20 mil, enquanto os de maior
cilindrada podem chegar a R$ 50 mil.

3. A cilindrada impacta no valor do seguro?

A quantidade de cilindradas pode ser usada como um dos fatores para o cálculo da apólice do seguro de moto, aumentando de valor proporcionalmente à elevação das cilindradas. Por outro lado, algumas seguradoras nem trabalham com motos de menos de 300 cilindradas. Por isso, fique atento à capacidade do motor na hora da compra!

4. O perfil do condutor importa?

O perfil do segurado é sempre avaliado, seja para quem procura proteção para moto, carro ou ônibus. No caso dos motociclistas, a primeira informação levada em conta é a idade: até 24 anos, o perfil é considerado de risco. Quem já tem mais tempo de carteira, por outro lado, pode conseguir apólices mais vantajosas.